Esse procedimento, quando necessário (medos, timidez extrema, tendência de isolamento, fobias, tristeza sem causa evidente, autismo, doenças congênitas etc.) pode ser realizado em benefício de crianças de duas maneiras:

Presencial

Em crianças maiorzinhas, sentada, em uma mesinha, desenhando, ou através de uma atividade lúdica, o psicoterapeuta observando, sem interferir, sem ficar perguntando o que ela está desenhando, sem tentar interpretar o que aquilo significa, as formas, as cores, etc. Permitir que o Mentor da criança a intua a recordar uma vida passada e incentivá-la a continuar desenhando ou através de uma brincadeira até tudo ter passado e estar no Mundo Espiritual. O Ponto Ótimo é quando ela está desenhando anjinhos, Jesus, Nossa Senhora, nuvens, Deus.

À distância

Em crianças muito pequenas ou se os pais não desejam submeter a criança a esse procedimento, pode ser feita através de seu pai ou sua mãe, algum familiar ou alguém da nossa Escola. A criança não deve vir ao consultório. O desligamento apresenta o mesmo efeito benéfico, e deve, como sempre, ocorrer no Ponto Ótimo.